Mapa de esportes

Todos os esportes serão disputados dentro da cidade. O Futebol será disputado no Rio de Janeiro e nas cidades parceiras.

Selecione a região que você deseja visualizar e conheça melhor o projeto dos Jogos

fechar anterior seguinte
  • Arena da Juventude

    Basquetebol Pentatlo Moderno Esgrima em Cadeira de Rodas

    A Arena da Juventude abrigará as provas de esgrima do pentatlo moderno, além de algumas partidas do basquetebol Olímpico. Nos Jogos Paralímpicos, a instalação será palco da esgrima em cadeira de rodas. Capacidade bruta de assentos: 5.000

  • Arena de Vôlei de Praia

    Vôlei de Praia

    Construída temporariamente em um dos cartões-postais do Rio, a Praia de Copacabana, a instalação será o palco perfeito para acomodar as competições do vôlei de praia nos Jogos Olímpicos Rio 2016. 

  • Campo Olímpico de Golfe

    Golfe

    O Campo Olímpico de Golfe, em construção na Reserva de Marapendi, na região da Barra, está localizado a aproximadamente cinco quilômetros da Vila Olímpica e Paralímpica. A instalação será palco das disputas de golfe, que retorna aos Jogos Olímpicos após 112 anos. Será convertido em um campo público após a realização do evento. Capacidade bruta de assentos: 25.000

  • Centro Aquático de Deodoro

    Pentatlo Moderno

    O Centro Aquático de Deodoro será palco das provas de natação do pentatlo moderno. As outras provas do esporte acontecerão em mais duas instalações: na Arena da Juventude (esgrima) e no Estádio de Deodoro (hipismo e evento combinado). Capacidade bruta de assentos: 2.000

  • Centro Olímpico de Hipismo

    Hipismo Adestramento Hipismo CCE Hipismo Saltos Hipismo

    O Centro Olímpico de Hipismo fica localizado no núcleo do Parque Olímpico de Deodoro próximo ao Centro Olímpico de Tiro. Construído para os Jogos Pan-americanos Rio 2007, o complexo tem área aproximada de 1.000.000,00m² e receberá as provas do hipismo Olímpico e Paralímpico. Capacidade bruta de assentos: 20.000

  • Centro Olímpico de Hóquei

    Hóquei sobre Grama

    O Centro Olímpico de Hóquei sediará as partidas do hóquei sobre grama nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Capacidade bruta de assentos: 10.000 (quadra principal); 5.000 (quadra secundária)

  • Centro Olímpico de Tiro

    Tiro Esportivo Tiro Esportivo

    Construído para os Jogos Pan-americanos Rio 2007, o Centro Olímpico de Tiro foi o palco escolhido para sediar as competições de tiro esportivo tanto nos Jogos Olímpicos como nos Paralímpicos em 2016. Capacidade bruta de assentos: 1.000 (preliminares tiro ao prato); 2.000 (finais tiro ao prato); 1.600 (finais tiro); 1.000 (alvo a 10m); 750 (alvo a 50m); 500 (alvo a 25m)

  • Estádio Mineirão

    Futebol

    Construído em 1965 e regularmente utilizado para grandes competições nacionais e internacionais de futebol, o Mineirão será totalmente reformado para atender aos requisitos técnicos da Copa do Mundo da FIFA de 2014. O estádio fica localizado em uma importante região da cidade, ladeado pela Lagoa da Pampulha e por famosos monumentos projetados por Oscar Niemeyer, constituindo um belo palco para competições olímpicas. A instalação fica também estrategicamente localizada nas proximidades dos principais hotéis de Belo Horizonte, além de ser facilmente acessível através das principais vias da cidade.

    Legado: A reforma do estádio será de extrema importância para a cidade, uma vez que ele funciona como sede de dois dos principais clubes de futebol mineiros e ainda recebe a seleção brasileira em grandes jogos e torneios internacionais. As intervenções estão também intimamente ligadas à restauração da região da Pampulha, com monumentos históricos importantes.

    Esportes/disciplinas olímpicas: futebol

    Esportes/disciplinas paralímpicas: -

    Uso atual: estádio de futebol

    Uso pós-Jogos: estádio de futebol

    Capacidade bruta de assentos (Jogos Olímpicos): 74.000

     

  • Estádio Nacional de Brasília

    Futebol

    O Estádio Nacional de Brasília fica localizado a aproximadamente uma hora e meia de voo do Rio de Janeiro. A cidade está listada como patrimônio da humanidade e apresenta mais de 100 prédios projetados por Oscar Niemeyer. Originalmente construído em 1974, o estádio será totalmente reformado para atender aos requisitos técnicos da Copa do Mundo da FIFA de 2014, se transformando em uma excelente instalação para o futebol Olímpico.

    Legado: O estádio é regularmente utilizado para competições nacionais e internacionais de futebol, shows e outros grandes eventos. As reformas no estádio, a serem concluídas para a Copa do Mundo da FIFA de 2014, serão importantes para qualificar ainda mais um dos principais estádios brasileiros, além de permitir que os moradores da Capital Federal compartilhem o espírito Olímpico em 2016.

    Esportes/disciplinas olímpicos: futebol

    Esportes/disciplinas paralímpicos: -

    Uso atual: estádio de futebol

    Uso pós-Jogos: estádio de futebol

    Capacidade bruta de assentos (Jogos Olímpicos): 76.000

  • Estádio Olímpico J. Havelange

    Atletismo Atletismo

    Palco das provas do atletismo Olímpico e Paralímpico, o estádio foi construído para os Jogos Panamericanos Rio 2007 e terá sua capacidade permanentemente ampliada de 45.000 para 60.000 espectadores para os Jogos Rio 2016. Capacidade bruta de assentos: 60.000

  • Estádio da Fonte Nova

    Futebol

    O Estádio da Fonte Nova, em Salvador, fica a duas horas e meia de voo do Rio de Janeiro. Antiga capital do Brasil, a cidade é reconhecidamente rica em cultura e história e um importante destino turístico internacional. Originalmente construído em 1951, o estádio será totalmente reformado para a Copa do Mundo da FIFA de 2014.

    Legado: Após a reforma para a Copa do Mundo da FIFA de 2014, o Estádio da Fonte Nova irá se transformar no principal estádio da região nordeste. Dois dos mais tradicionais clubes brasileiros, Bahia e Vitória, irão se beneficiar das novas instalações. O nordeste, que sedia um grande número de eventos culturais, também irá se beneficiar das melhorias nessa instalação.

    Esportes/disciplinas olímpicos: futebol

    Esportes/disciplinas paralímpicos: -

    Uso atual: estádio de futebol

    Uso pós-Jogos: estádio de futebol

    Capacidade bruta de assentos (Jogos Olímpicos): 60.000

  • Estádio da Lagoa

    Canoagem Velocidade Remo Paracanoagem Remo

    A Lagoa Rodrigo de Freitas está localizada no coração da cidade, cercada por belas montanhas, pela Floresta da Tijuca e pela estátua do Cristo Redentor. Nos Jogos Rio 2016, será o palco perfeito para os atletas Olímpicos e Paralímpicos do remo, da canoagem velocidade e da paracanoagem. Capacidade bruta de assentos: 14.000

  • Estádio de Deodoro

    Pentatlo Moderno Rugby Futebol de 7

    Construído ao lado da Arena da Juventude e do Centro Aquático, o Estádio de Deodoro será palco do hipismo e do evento combinado, duas das cinco provas que completam o circuito do pentatlo moderno. A proximidade entre as três instalações permitirá que atletas e espectadores possam acompanhar de perto todas as etapas do esporte com facilidade. Além disso, a instalação receberá ainda as partidas Olímpicas de rugby e Paralímpicas do futebol de 7. 

     

  • Estádio de São Paulo

    Futebol

  • Forte de Copacabana

    Ciclismo de Estrada Maratonas Aquáticas Triatlo Paratriatlo

    Nos Jogos Olímpicos, o encontro do Forte de Copacabana com o mar de Copacabana marcará o ponto de partida para os atletas das maratonas aquáticas, do triatlo e do paratriatlo.  Já os percursos de ciclismo e corrida estendem-se ao longo da praia, garantindo uma atmosfera de grande vibração criada pelos milhares de espectadores na orla. 

  • Live Sites

    Fazer do Rio 2016 um evento sem fronteiras, levar a experiência olímpica para todos os povos, especialmente para jovens do Brasil e do mundo, é a proposta dos Live Sites – grandes espaços em áreas públicas, em diversas cidades, utilizados para promover a festa do esporte através da exibição de filmes, realização de eventos e atividades para todas as idades.
    A ideia envolve 15 cidades, sendo pelo menos duas em cada continente. A associação de tecnologia de última geração na transmissão a atividades interativas faz do maior evento esportivo do planeta uma celebração global, ao vivo, onde você estiver.

  • Marina da Glória

    Vela Vela

    A instalação fica localizada próxima ao Parque do Flamengo, no centro da cidade, tendo como pano de fundo o Pão de Açúcar e o Corcovado. Nos Jogos Rio 2016, receberá as regatas Olímpicas e Paralímpicas. Capacidade bruta de assentos: 10.000

  • Parque do Flamengo

    Atletismo Ciclismo de Estrada Atletismo Paraciclismo de Estrada

    O Parque do Flamengo se estende ao longo da orla da Baía de Guanabara, fornecendo um belo palco para as provas da marcha atlética, do ciclismo e do paraciclismo de estrada nos Jogos Rio 2016. 

  • Sambódromo

    Atletismo Tiro com Arco Tiro com Arco

    Durante os Jogos Rio 2016, o Sambódromo do Rio se tornará palco do torneio Olímpico e Paralímpico de tiro com arco, além do ponto de partida e chegada da maratona. Capacidade bruta de assentos: 30.000 maratona; 6.000 tiro com arco

     

  • Maracanã

    Centro Aquático Julio de Lamare

    Polo Aquático

    Localizado dentro do núcleo Maracanã, que inclui também o Maracanã e o Maracanãzinho, o Centro Aquático Julio de Lamare receberá as partidas do polo aquático nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Capacidade bruta de assentos: 3.000

  • Maracanã

    Maracanã

    Futebol

    Além do torneio Olímpico de futebol, o Maracanã também será o palco das cerimônias de abertura e encerramento dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Capacidade bruta de assentos: 78.600

  • Maracanã

    Maracanãzinho

    Voleibol

    Palco tradicional do voleibol Olímpico, a instalação fica localizada dentro do núcleo do Maracanã, que inclui também o Maracanã e o Centro Aquático Julio de Lamare. Capacidade bruta de assentos: 11.800

  • PARQUE OLÍMPICO DA BARRA

    Arena Carioca 1

    Basquetebol Basquetebol em Cadeira de Rodas Rugby em Cadeira de Rodas

    A Arena Carioca 1 será construída no núcleo do Parque Olímpico da Barra para receber as competições de basquetebol dos Jogos Olímpicos, além das disputas Paralímpicas de basquetebol em cadeira de rodas e rugby em cadeira de rodas. Após os Jogos, será parte do Centro Olímpico de Treinamento. Capacidade bruta de assentos: 16.000

  • PARQUE OLÍMPICO DA BARRA

    Arena Carioca 2

    Judô Luta Estilo Livre Luta Greco-Romana Bocha

    A Arena Carioca 2 será construída para o Rio 2016 no núcleo do Parque Olímpico da Barra para sediar as disputas Olímpicas do judô, luta greco-romana e estilo livre, além das competições da bocha nos Jogos Paralímpicos. Após os Jogos, será parte do Centro Olímpico de Treinamento. Capacidade bruta de assentos: 10.000

     

  • PARQUE OLÍMPICO DA BARRA

    Arena Carioca 3

    Esgrima Taekwondo Judô

    A Arena Carioca 3 será construída no núcleo do Parque Olímpico da Barra, onde vai sediar as competições Olímpicas de taekwondo e esgrima, além das disputas do judô Paralímpico.Capacidade bruta de assentos: 10.000

  • PARQUE OLÍMPICO DA BARRA

    Arena do Futuro

    Handebol Goalball

    Totalmente temporária, a Arena do Futuro está localizada no núcleo do Parque Olímpico da Barra e será palco do handebol nos Jogos Olímpicos e do goalball nos Jogos Paralímpicos Rio 2016. Após os Jogos, será desmontada e formará quatro novas escolas públicas municipais.

  • PARQUE OLÍMPICO DA BARRA

    Arena Olímpica do Rio

    Ginástica Artística Ginástica Rítmica Ginástica de Trampolim Basquetebol em Cadeira de Rodas

    Concluída para os Jogos Pan-americanos Rio 2007, a Arena foi projetada para ser o palco perfeito para a ginástica. Nos Jogos Rio 2016, receberá não somente das três modalidades do esporte - artística, rítmica e trampolim -, bem como os atletas Paralímpicos do basquete em cadeira de rodas. Capacidade bruta de assentos: 12.000

  • PARQUE OLÍMPICO DA BARRA

    Centro Aquático Maria Lenk

    Nado Sincronizado Saltos Ornamentais

    O Centro Aquático Maria Lenk foi construído para os Jogos Pan-americanos Rio 2007. Nos Jogos Olímpicos, receberá as disputas dos saltos ornamentais e do nado sincronizado. Capacidade bruta de assentos: 5.300

     

     

  • PARQUE OLÍMPICO DA BARRA

    Centro Olímpico de Tênis

    Tênis Futebol de 5 Tênis em Cadeira de Rodas

    Um total de 16 quadras serão construídas numa área de 9 hectares para compor o Centro Olímpico de Tênis dos Jogos Rio 2016. A instalação será palco do torneio Olímpico de tênis, assim como as competições de tênis em cadeira de rodas dos Jogos Paralímpicos. Após a conclusão dos Jogos, nove quadras serão mantidas como parte do Centro Olímpico de Treinamento, deixando um sólido legado para o esporte, além de oferecer ao Brasil uma instalação de competição para a realização de grandes eventos do esporte. Capacidade bruta de assentos: 10.000 (quadra central);  5.000 (quadra 1); 3.000 (quadra 2); 250 (quadras)

  • PARQUE OLÍMPICO DA BARRA

    Estádio Aquático Olímpico

    Natação Polo Aquático Natação

    O Estádio Aquático Olímpico vai receber as competições de natação Olímpica e Paralímpica, além da fase final do polo aquático nos Jogos Olímpicos. 
     
     

  • PARQUE OLÍMPICO DA BARRA

    Velódromo Olímpico do Rio

    Ciclismo de Pista Paraciclismo de Pista

    O Velódromo está localizado dentro do núcleo do Parque Olímpico da Barra, onde sediará as provas do ciclismo de pista nos Jogos Olímpicos e do paraciclismo de pista nos Jogos Paralímpicos. Capacidade bruta de assentos: 5.800

  • Parque Radical do Rio

    Centro Olímpico de BMX

    Ciclismo BMX

    O Centro Olímpico de BMX será construído para sediar as competições desta modalidade do ciclismo e ficará localizado dentro do Parque Olímpico de Deodoro, em uma área conhecida como Parque Radical. Uma pista permanente será construída, com o percurso entre 300 e 400m. Capacidade bruta de assentos: 7.500

  • Parque Radical do Rio

    Estádio de Canoagem Slalom

    Canoagem Slalom

    O Estádio de Canoagem Slalom será construído para receber as competições do esporte e ficará localizado dentro do Parque Olímpico de Deodoro, em uma área conhecida como Parque Radical. Um percurso permanente, com 280 metros de corredeiras. Capacidade bruta de assentos: 8.000

     

  • Parque Radical do Rio

    Pista de Mountain Bike

    Ciclismo Mountain Bike

    A Pista de Mountain Bike ficará localizado dentro do Parque Olímpico de Deodoro, em uma área conhecida como Parque Radical. Será construído um percurso para esta modalidade do ciclismo com cerca de 6.000 metros de extensão, além de diferenças significativas de altura e um circuito que permitirá aos competidores passar pela plateia mais de uma vez durante a prova. 

     

  • Riocentro

    Pavilhão 2

    Levantamento de Peso Halterofilismo

    Com área total de 13.000 m², o Pavilhão 2 do Riocentro será a instalação do levantamento de peso e do halterofilismo. Capacidade bruta de assentos: 6.500

  • Riocentro

    Pavilhão 3

    Tênis de Mesa Tênis de Mesa

    No Pavilhão 3 do Riocentro, será implantado um conceito pioneiro composto por uma grande quadra central, proporcionando uma atmosfera única para atletas e espectadores que acompanharão de perto todas as disputas Olímpicas e Paralímpicas do tênis de mesa. Capacidade bruta de assentos: 6.500

  • Riocentro

    Pavilhão 4

    Badminton

    O Pavilhão 4 do Riocentro tem um pé direito de 12m e um moderno sistema de ar condicionado de baixa velocidade, proporcionando as melhores condições para receber as competições do badminton dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Com área total de 25.000m², essa instalação também irá acomodar todas as áreas de treinamento do esporte. Capacidade bruta de assentos: 6.500

  • Riocentro

    Pavilhão 6

    Boxe Voleibol Sentado

    Um pavilhão temporário, que será construído em uma área de 14.000m² do Riocentro, foi o palco escolhido para sediar as disputas eletrizantes do boxe Olímpico e do voleibol sentado Paralímpico.