Notícias

12/03/2013

Rio 2016™ está de casa nova

Construção modular reforça aspectos de modernidade e sustentabilidade

Enviar para um amigo

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016™ está de casa nova. Nos próximos três anos, a sede localizada na Cidade Nova, centro do Rio de Janeiro, irá abrigar a equipe do Rio 2016™ e da Empresa Olímpica Municipal em uma estrutura moderna dentro de todos os padrões de sustentabilidade e acessibilidade. Para a construção, que ocupa uma área de 20,938m, foi utilizada a tecnologia modular, um sistema inteligente que permite uma montagem mais rápida e a possibilidade de desmontagem e reutilização após o período dos Jogos. Conheça aqui a sede do Comitê Organizador Rio 2016™.

A nova sede do Comitê Organizador Rio 2016 emprega tecnologia moderna de construção sustentável e acessível (Foto: Marcelo Omena/Rio 2016™)

“A marca da nova sede é a sustentabilidade e a modernidade. A construção modular é uma inovação que melhor atende ao nosso projeto. Iremos utilizar o prédio de acordo com a demanda de crescimento do Comitê e ao final será possível desmontar a estrutura, para o reaproveitamento em outro lugar”, afirmou o Presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016™, Carlos Arthur Nuzman.

Nuzman lembrando ainda que a nova sede é a primeira instalação entregue pelo Comitê Organizador. “Ver a primeira instalação para os Jogos pronta reforça nossa capacidade de realização. Além disso, reunir todas as equipes em um prédio só, ao lado da Empresa Olímpica Municipal, facilita o trabalho e ajuda na integração de todas as áreas funcionais”, explicou.

Sustentabilidade é a palavra de ordem

O prédio conta com sistema de aproveitamento de águas de chuva, economia de energia e mobiliário de madeira certificada. O sistema de ar condicionado é dotado de componentes eletromagnéticos para redução do custo de energia e controle de temperatura por zona. A iluminação é feita com luminárias em led, com baixo consumo de energia, além de vidros reflexivos, que permitem melhor aproveitamento da luz natural. Também faz parte do projeto a utilização de placas de captação de energia solar e cobertura termoacústica.

A acessibilidade também foi tratada com atenção no desenvolvimento deste projeto. O prédio tem rampas e elevadores, que atendem todos os requerimentos necessários, como a sinalização em braile e o piso com orientação tátil.

Como o projeto é a primeira instalação do Rio 2016™, contará com o Plano de Segurança Integrado, um modelo que será utilizado em todas as instalações esportivas e não-esportivas dos Jogos Rio 2016™. O Plano é fruto de uma parceria com órgãos de Segurança e Defesa Civil e conta com um representante dos Bombeiros, da Guarda Municipal e das Polícias Civil e Militar, presentes no local.

Para a ocupação do prédio, o Rio 2016™ possui todas as licenças necessárias. O prédio já está com a certidão de aceitação, documento necessário para a ocupação de uma instalação nestes moldes, e com o certificado de aprovação do CBERJ (Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro). A instalação foi além das exigências para uma construção temporária de três pavimentos e instalou, além dos procedimentos básicos de segurança, rede de sprinklers com detecção de fumaça no ambiente e nos forros.

Enviar para um amigo

Filtrar em Notícias

Newsletter

Cadastre-se e receba por e-mail as últimas notícias do Rio 2016.

+
Notícias

RSS de notícias

Fique sabendo imediatamente quando uma nova informação é publicada.

+ASSINE JÁ