Notícias

14/02/2014

Rafael Nadal: ‘Minha meta é estar aqui para disputar os Jogos Olímpicos Rio 2016’

Na cidade para competir no Rio Open, tenista número 1 do mundo revela ainda que pretende assistir a um clássico no Maracanã

Enviar para um amigo

Rafael Nadal é um dos quatro espanhóis favoritos na chave principal do Rio Open (Foto: Rio 2016/Alex Ferro)

Número 1 do ranking mundial, o tenista Rafael Nadal tem uma meta para daqui a dois anos: competir nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Na cidade para disputar o Rio Open, primeiro torneio ATP 500 da América do Sul, o atleta espanhol falou nesta sexta-feira (14) sobre a expectativa para a competição, fez planos para sua estadia – como assistir a um clássico no Maracanã – e deixou claro que espera voltar em 2016. Após conquistar o ouro em Pequim, em 2008, ele teve de abrir mão dos Jogos de Londres, em 2012, por conta de uma lesão no joelho.

“É difícil prever o que vai acontecer em dois anos. Mas a minha meta é estar aqui para disputar os Jogos Olímpicos. Representar o meu país em Pequim foi uma das melhores experiências que já tive na minha carreira e eu quero sentir isso de novo. Estou focado em me preparar bem e manter bons resultados para participar dos Jogos Olímpicos do Rio. O fato de não ter competido em Londres é só uma motivação a mais”, afirmou o tenista, durante entrevista coletiva, no Jockey Club Brasileiro, na Gávea, sede do Rio Open.

O atleta destacou ainda o crescimento do tênis na América do Sul e ressaltou a importância da realização dos Jogos Rio 2016 para a disseminação do esporte na região.

“O tênis é um esporte global, podemos ter torneios em praticamente todos os lugares. Para mim, as competições têm que acontecer nos lugares onde as pessoas são apaixonadas pelo esporte. O tênis na América do Sul tem crescido muito nos últimos anos, principalmente com os grandes eventos, como os Jogos Olímpicos, acontecendo aqui. Sinto que aqui as pessoas são muito apaixonadas pelo esporte. Com certeza vai ser uma experiência muito positiva”, disse.

Pela primeira vez no Rio de Janeiro, o espanhol pretende fazer um pouco de turismo nas horas vagas. Fã de futebol e do jogador Ronaldo, Nadal incluiu na sua programação uma ida ao Maracanã para assistir ao clássico carioca Flamengo x Vasco.

 “Sempre fui fã do futebol (e também do Ronaldo). Estou muito animado para conhecer o Maracanã. Vai ser difícil fazer muitos passeios turísticos porque não tive tempo para treinar bem e me preparar, então o meu tempo está concentrado nessa preparação. Mas espero conhecer o máximo da cidade”, afirmou.

O tenista já esteve no Brasil antes em duas outras ocasiões. E, nas duas oportunidades, saiu campeão do Brasil Open, torneio da série ATP 250: na Costa do Sauípe, na Bahia, em 2005, e, em São Paulo, no ano passado.

Rafael Nadal treina no Rio de Janeiro um dia antes da abertura do Rio Open (Foto: Rio 2016/Alex Ferro)

 

Sem jogar desde a final do Aberto da Austrália por conta de uma lesão nas costas, o espanhol disse que está correndo atrás do tempo perdido e pretende dar o seu melhor nas quadras rápidas do Rio de Janeiro.

“Tive pouco tempo para treinar por conta de alguns problemas de saúde depois do torneio na Austrália, que inclusive me impediram de disputar o ATP 250 em Buenos Aires. O meu foco agora é treinar bem, vou destinar todo o meu esforço durante esse curto tempo que tenho até a primeira partida no Rio Open para conseguir bons resultados”, contou o tenista, às vésperas de disputar a sua 800ª partida.

O Rio Open acontece do dia 15 a 23 de fevereiro, no Jockey. Além de Nadal, o torneio conta com outros quatro Top 20 do ranking mundial: os também espanhóis David Ferrer (5º), Tommy Robredo (17º) e Nicolás Almagro (18º) e o italiano Fabio Fognini (14º).

Enviar para um amigo

Filtrar em Notícias

Newsletter

Cadastre-se e receba por e-mail as últimas notícias do Rio 2016™.

+
Notícias

RSS de notícias

Fique sabendo imediatamente quando uma nova informação é publicada.

+ASSINE JÁ