Notícias

27/08/2014

Comitê Rio 2016 abre inscrições para o Programa de Voluntários dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos

Programa, que tem como maior legado a capacitação e inclusão social, vai selecionar 70 mil pessoas

Enviar para um amigo

Grupo de voluntários pioneiros dos Jogos Rio 2016 posa para foto durante gravação da campanha (Foto: Alexandre Loureiro)

Já estão abertas as inscrições para o Programa de Voluntários Rio 2016. Setenta mil pessoas, entre brasileiros e estrangeiros, serão selecionadas para atuar em mais de 500 funções, sendo 45 mil nos Jogos Olímpicos e 25 mil nos Paralímpicos. Os interessados em participar do processo seletivo podem se inscrever até o dia 15 de novembro na seção de voluntários do site.

O programa, que tem como maior legado a capacitação e inclusão social, oferecerá curso online de inglês para todos os selecionados por um ano, além de treinamentos específicos para a função e gerais, em serviços, liderança e inclusão. Os voluntários receberão ainda uniforme completo, alimentação e transporte nos dias de trabalho e certificado de participação. 

Para participar, basta ter 18 anos a partir de fevereiro de 2016 - não há limite máximo de idade -, o ensino fundamental completo é desejável, além da disponibilidade para participar do processo seletivo e da própria atuação no período dos Jogos.

Os voluntários representam 33% da força de trabalho dos Jogos Olímpicos. As vagas são para as mais diversas habilidades e perfis, inclusive para pessoas com deficiência. Algumas funções necessitam de conhecimentos e características específicas, que serão desempenhadas por voluntários especialistas nas áreas de Esporte, Serviços Médicos, Tecnologia e Idiomas.

“O Programa de Voluntários dos Jogos Rio 2016 vai refletir a diversidade brasileira, de talentos, culturas, idades e interesses. Toda essa riqueza vai se somar também a outras milhares de pessoas que virão ao Brasil em prol de um objetivo maior, que é contribuir para realizarmos o maior evento multiesportivo do mundo com excelência, paixão e alegria, pela primeira vez no Brasil”, afirmou Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Organizador Rio 2016. 

Cerca de 500 mil voluntários trabalharam nas últimas 10 edições dos Jogos Olímpicos de verão. Nos Jogos Rio 2016, a área de atendimento ao público será a que mais demandará voluntários: cerca de 30 mil pessoas. O grupo de especialistas em esporte - normalmente formado por atletas, ex-atletas e árbitros - terá, por sua vez, um contingente de 7 mil voluntários.
 
Serão necessários também voluntários especialistas em mais de 40 idiomas, entre eles russo, árabe e mandarim. Um dos desafios é atrair pessoas que falem Amárico (idioma Etíope). Já a área médica vai precisar de especialistas, com prioridade para clínicos gerais, oftalmologistas e ortopedistas, radiologistas, enfermeiros, fisioterapeutas, massoterapeutas, farmacêuticos, dentistas e socorristas.
 
“Precisamos da tecnologia, dos equipamentos, mas mais do que tudo, precisamos de pessoas nos Jogos Olímpicos. Os voluntários são essas pessoas, eles ajudam os atletas a chegarem nos seus objetivos. Os Jogos Rio 2016 serão os primeiros da América do Sul e essas 70 mil pessoas que vão se inscrever como voluntários terão a chance de colocar o seu nome na história, assim como nós atletas fizemos quando conquistamos as nossas medalhas. A chama Olímpica começa agora”, destacou Daiane dos Santos, atleta Olímpica e campeã mundial de ginástica artística.

Enviar para um amigo

Filtrar em Notícias

Newsletter

Cadastre-se e receba por e-mail as últimas notícias do Rio 2016.

+
Notícias

RSS de notícias

Fique sabendo imediatamente quando uma nova informação é publicada.

+ASSINE JÁ