Notícias

11/03/2013

A sede nova do Rio 2016™ reflete os valores dos Jogos e de seus profissionais

Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016™ são catalisadores de investimentos em meio ambiente, transporte e segurança pública, por meio de projetos sempre alinhados ao Plano Diretor da cidade e que impulsionam a revitalização urbana do Rio de Janeiro

Enviar para um amigo

Responsável pelas obras de todas as instalações temporárias dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016, o Comitê Organizador constrói uma nova sede que minimiza o uso de concreto ou alvenaria.

Como é feito?

Estruturas de aço pré-montadas, referentes à área técnica, já chegam prontas ao local. Os módulos e bases são montados. Esses módulos passam por um mecanismo similar ao do Lego, brinquedo que consiste em pequenos blocos de plástico encaixáveis. Este método possibilita uma construção três vezes mais rápida, com descarte mínimo de entulho. Cada módulo tem 6 metros x 2,44 metros, com um espaço de 50 cm entre os três pavimentos (Térreo + 1º Pavimento + 2º Pavimento) para passagem de cabos. Até 80% do material modular deve ser reaproveitado em instalações futuras.
Reserva de água potável com 4 tanques no total de 640.000 litros.
Agua Potável
Os compressores dos chillers (equipamentos que produzem água gelada para o sistema) são dotados de componentes eletromagnéticos que os tornam mais eficientes e silenciosos, pois consomem menos energia do que as tecnologias convencionais. Com o objetivo de aproveitar o calor produzido por esses compressores, adotou-se o uso de trocadores de calor para produzir água quente para uso na academia, copas e refeitórios do prédio. O sistema de geração de água quente contém um processo que realiza backup com placas de energia solar, para ser usado excepcionalmente em dias muito frios, quando os chillers não precisarão ser acionados.
Funcionários com deficiência vão trabalhar com ainda mais autonomia e independência. Por valorizar e respeitar a diversidade, a nova sede conta com rampas, sinalização em braile - inclusive nos elevadores -, piso tátil para orientação, entre outras adequações.
O uso de vidros com alto coeficiente de reflexibilidade de calor e transmissão de luz garante a eficiência energética do edifício. Outra vantagem é o uso de lâmpadas de LED, que gastam até 70% menos energia do que a luz fluorescente compacta (conhecida como luz fria).

Construção ágil

O edifício acompanha o ritmo de crescimento da equipe, com a estrutura e o espaço adequados para cada etapa do Comitê Organizador. A obra será feita em três fases. A última delas terá conclusão em outubro de 2013. Até 300 operários trabalham simultaneamente em momento de pico da montagem.

O edifício acompanha o ritmo de crescimento da equipe, com a estrutura e o espaço adequados para cada etapa do Comitê Organizador.

As fases de desenvolvimento

Os 780 módulos construídos na fase 1, com término em março de 2013, terão capacidade para abrigar 907 profissionais. A área construída é equivalente a 12.330 metros quadrados e conta com 1.400 luminárias tipo LED. Os 330 módulos construídos na fase 2, com término em julho de 2013, terão capacidade para abrigar mais 720 profissionais. A área construída é equivalente a 4.831 metros quadrados e conta com 900 luminárias tipo LED. Os 258 módulos construídos na fase 3, com término em outubro de 2013, terão capacidade para abrigar mais 744 profissionais. A área construída é equivalente a 3.777 metros quadrados e conta com 600 luminárias tipo LED. No total, a nova sede terá 1.368 módulos e terá uma área construída total de 20.938 metros quadrados. Abrigará 2.361 profissionais e contará com 2.900 luminárias tipo LED.

Total das três fases

Grande parte da força de trabalho do Comitê Organizador será alocada diretamente nas instalações dos Jogos em 2016.

Segurança e Sustentabilidade

A nova sede conta com um sistema de reaproveitamento de água da chuva para irrigação dos jardins. Além desse aspecto sustentável, todos os móveis usados na sede são feitos apenas de madeira certificada, ou seja, são produzidos por empresas que não degradam o meio ambiente e contribuem para o desenvolvimento social e econômico de comunidades florestais.
- Tanque de Reserva Técnica para Incêndio com 125.000 litros
- 38 caixas de incêndio com mangueiras
- Sistema de chuveiros automáticos (sprinklers) com 2.252 bicos
- 2.300 detectores de fumaça
Dar o tratamento adequado aos resíduos é mais do que um princípio, é uma obrigação legal. Em respeito às normas, todo lixo da nova sede é segmentado por coleta seletiva em prol de uma reciclagem eficiente. Para ser referência entre empresas sustentáveis, a meta é reciclar 90% de todo o resíduo gerado na sede. O uso de canecas, em vez de copos plásticos, e louças de vidro também reduzem o volume de material descartado.

Onde fica?

A sede nova do Comitê Organizador Rio 2016 está localizada na Rua Ulisses Guimarães, número 2016, na Cidade Nova, Rio de Janeiro, RJ.

Integração com governos

  • Compartilhamento de espaço com a Empresa Olímpica Municipal (EOM)
  • Proximidade com os governos Municipal, Estadual, Federal e Autoridade Pública Olímpica (APO)

Enviar para um amigo

Filtrar em Notícias

Newsletter

Cadastre-se e receba por e-mail as últimas notícias do Rio 2016.

+
Notícias

RSS de notícias

Fique sabendo imediatamente quando uma nova informação é publicada.

+ASSINE JÁ